O que é Filosopular?

Filosopular é uma palavra que eu penso que criei, se alguém já usou esta expressão antes de mim, com o mesmo conceito que eu a utilizo, gostaria de me desculpar em primeiro lugar, pois o meu plágio não foi intencional, pois sempre imaginei que foi um trocadilho de palavra usado por mim. Portanto, criador(a) dê o seu grito para que possamos compartilhar os devidos créditos.
Minha idéia de Filosopular é a seguinte: Filoso (Filosofia) + pular (popular) = FILOSOPULAR

Há muito tempo, muito mesmo, quero dizer há mais de um ano, eu pensei em fazer este blog. Não o fiz imediatamente por um pouco de medo do que poderia vir fora, medo de não ser entendida no que realmente eu gostaria de dizer ou medo de não encontrar temas interessantes. Mas todos os dias, em todo este tempo, eu tinha um assunto diferente para discutir ou para expor, algumas vezes temas meio loucos, algumas vezes algo mais sério, algumas vezes bem cômico, mas sempre temas muito reais.

Finalmente eu criei coragem e como tudo o que gosto de estudar ou discutir gosto de começar do começo, ou seja, do seu conceito, da base, do fundamento para um melhor entendimento. Então eu resolvi começar pelo conceito do que é "Filosofia" e naturalmente também do que é "Popular" e me arriscar no que seja "Filosofia Popular" e finalmente do que é o nosso "Filosopular"

Filosofia (do grego Φιλοσοφία, literalmente «amor à sabedoria») é o estudo de problemas fundamentais relacionados à existência, ao conhecimento, à verdade, aos valores morais e estéticos, à mente e à linguagem. Ao abordar esses problemas, a filosofia se distingue da mitologia e da religião por sua ênfase em argumentos racionais; por outro lado, diferencia-se das pesquisas científicas por geralmente não recorrer a procedimentos empíricos em suas investigações. Entre seus métodos, estão a argumentação lógica, a análise conceptual, as experiências de pensamento e outros métodos a priori.
fonte: Wikipedia

Filosofia (fi-lo-so-fi-a) s. f.Conjunto de concepções, práticas ou teóricas, acerca do ser, dos seres, do homem e de seu papel no universo.
Atitude reflexiva, crítica ou especulativa, de elaboração de tais concepções.
Conjunto de toda ciência, conhecimento ou saber racional.
Reflexão crítica sobre os fundamentos do conhecimento (valores cognitivos), da lógica, da ética e da estética (valores normativos).
Sistema de princípios que explicam ou sintetizam determinada ordem de conhecimentos: filosofia da história.
Sistema particular de diretrizes para a conduta: adaptar sua filosofia às circunstâncias.
Sistema de um filósofo: a filosofia de Aristóteles.
Conjunto de doutrinas de uma escola, época ou país: a filosofia grega.
Sabedoria de quem suporta com serenidade e firmeza os acidentes da vida: receber um mau golpe com filosofia.

Popular (po-pu-lar) adj.Que pertence ao povo; que concerne ao povo.
Vulgar; plebeu.
Que desperta a simpatia, o afeto do povo.
Muito conhecido, notório.
S.m. Homem do povo, transeunte.
O conceito de "Filosofia Popular", infelizmente, não o encontrei. Em todo lugar que procurei sempre é intrínsecamente ligado à provérbios populares.

Mas a "Filosofia Popular" a qual eu proponho aqui é muito mais além de provérbios populares. Gostaria que a sabedoria e o conhecimento popular sejam expostos. Aqueles como resultado de tradições, conceitos criados no tempo, idéias conceituada pelo uso, como por exemplo: qual o conceito de "UAI" tanto usado em Minas Gerais. Não existe um conceito no dicionário, nem se pode verdadeiramente defini-lo. Mas se pode entendê-lo mesmo quando se responde: "uai é uai,  uai!"

Quando era pequena, me lembro de ouvir meu pais falando de uns amigos seus que quando bebiam começavam a crer que eram pessoas cheias de conhecimento, de saber. O meu pai os definia assim: "- ihhh...começa esse com a sua filosofia de bar". Confesso que esta expressão me deixou muito eufórica e curiosa e me inspirou muito para eu escrever este blog. Uma das frase destes "filósofos de bar" era sobre o preços dos gêneros alimentares que era aumentado muito, e todos ali se lamentavam, de repente um destes,  que eram trabalhadores comuns, nenhum professor ou intelectual, solta a clássica frase: "não é o preço que aumentou muito, somos nós quem ganhamos pouco".

Esta é realmente uma frase filosófica trágico-cômica não acham?